A Mostarda Atômica

A Super Mostarda Atômica!!

Poderia ser um desconhecido vilão de algum superherói de uma história em quadrinhos qualquer publicada no outono de 1941 que, agora, volta num filme 3D para aterrorizar com jatos de mostarda nucleares uma metrópole estadunidense. Passaria despercebida a Mostarda Atômica? Quem poderá detê-la? Quem salvará pobres gordinhos indefesos da junk food society?

Mas não, Mostarda Atômica não causa problema para ninguém, embora seja parente da Doce Loucura, além de ser vizinho do Plano Perfeito. Me belisca, caramba! Todos estes vivem em certa harmonia nas prateleiras das farmácias tupiniquins.

Quem em sã consciência batizou uma cor de esmalte de Ventinho Bom? Ventinho, desde quando, tem cor? E que tipo de drogas consumiram aqueles que, depois de exaustivas reuniões, decidiram dar o nome para outra cor de esmalte de Pirlimpimpim. Pirlimpimpim!?!? Não é à toa que Pirlimpimpim fica ao lado do Duende, tanto na prateleira, como no site do fabricante.

Uma ingênua ida à farmácia para comprar remédios de gripe se tornou em diversão pura!  Marketeiros dos esmaltes, realmente, se superam. Porém, pensando não tão distante, recentemente comprei um produto de limpeza multi-uso com a incrível fragância “Chuva de Alegria”.  Comprei mais para saber que raios de cheiro tem uma chuva de alegria. E tão contraditório, aqui mesmo na República do Kassabestão, quando qualquer chuva causa uma desgraça assustadora no trânsito da pauliceia.

Mas se for com Chuva de Alegria, as pessoas ficaram felizes, ora!  Ainda mais se as mulheres utilizarem a incrível cor de esmalte Divirta-se! Cacete, Divirta-se prejudica a imagem da mulher, vão achar que a guria é “facinha”. Não, não, para mulheres mais suscetíveis, existe a cor Deixa Beijar!

Alguém sabe se existe algum curso para identificação das cores de esmaltes? Olha que essa será uma grande vantagem na hora do cabra analisar sua parceira para acasalamento. Vai ficar mais fácil associar o nome da cor do esmalte com a personalidade da fulana.

Porém, cuidado com os marketeiros desses produtos de consumo rápido. Tem muito produto que engana o consumidor! Eu, por exemplo, usava, até pouco tempo, shampoo para cabelos rebeldes. A rebeldia deles era tamanha que foram todos embora, catzo!  Antes, tinha tentado gordurosos para eles emagrecerem e ficarem saudáveis, tentei para quebradiços, também para ralos, porque estavam acumulando no ralo. Fui até de shampoo para cabelos danificados, e nada de resolver meu problema!!

Eu me arrependo de não ter experimentado o shampoo para cabelos blindados!  Blindados, meu Deus!!! Pra quem vai para guerra nas baladas, shampoo para cabelos blindados é o que há de melhor!! Só o shampoo para cabelo normal eu nunca tentei. Afinal, com tanta opção, só compra shampoo para cabelos normais quem tem autoestima suficientemente elevada.

Em resumo, o batismo de novas fragâncias, novas cores, novos sabores, etc., estão deixando cada vez mais confuso o consumidor. É igual pedir pizza: hoje o cardápio tem tantos sabores que você acaba pedindo a pizza “tanto faz”. Enfiaram pizza de hot-dog no cardápio, e tem louco que se arrisca a comer esse troço!

Com tanta esculhambação dos últimos anos, bateu uma saudade do Henry Ford, que dizia: “você pode escolher a cor do carro, desde que seja preto”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: