Mudanças no plano de vôo

Com 70% de uma prateleira e espaço para uma garrafa na geladeira, fora o freezer e armário, as coisas vão entrando numa rotina. Aos poucos, a primeira impressão de ser uma viagem de férias vai se transformando, deixando de ser uma viagem de turismo para ser uma mudança de vida.

Eu em Birmingham (2005), escolhendo um caminho

Mudança é entrar num estado novo e perceber sensações novas. Não precisa mudar de casa e se afastar de pessoas queridas. Para mudar, basta querer. Seja por causa do desconforto, seja por causa de novos desejos.

Se estiver num outro país, num outro mundo!, mas se sua cabeça continuar pensando no que ficou, isso não será uma mudança.  Assim como posso estar onde sempre estive, se desejar mudar algo novo, um emprego, uma paixão, uma fé, basta a mudança de pensamento e de atitudes. Todos estão sujeitos à mudanças a qualquer momento e a felicidade não pode ser delimitada.

Se deixar uma criança a vida inteira dentro de um quarto com todos os brinquedos, ela estará feliz. Mas se ela descobrir, por livros, revistas, tv, etc., novas coisas, lugares, pessoas, ela deixará o “estado de felicidade” porque vai saber o que não tem, o que não é, e perceberá que a vida é feita de mudanças.

Contentar-se é se auto-mutilar. “Contente” é derivada de “Contentar”, que vem da palavra “Conter”, que significa reter, manter, bloquear, limitar. No entanto, se você nunca ficar contente e satisfeito, dificilmente gozará da felicidade momentânea.

Vôos são limitados pelos tamanhos das nossas asas, pelo tempo que conseguimos voar e por senso de direção. Se não tivermos noção do que somos, da força que temos e aquilo que conhecemos, não adianta nem voar. Quer dizer, adianta sim, e muito, para perceber o que precisa ser melhorado nas nossas vidas.

Querer melhorar significa que você tomou consciência de alguma coisa. Se o seu patrão está afiando o machado ou sua bóia está murchando, é sinal de que algo precisa ser feito antes de morrer.

Se rugas e gorduras estão aparecendo, cabelos caindo, estresse acumulando, dinheiro fugindo, apatia e conformismo surgindo, é sinal que algo precisa ser feito. E se você já consegue se olhar/visualizar/prever como estará daqui vinte, trinta anos, está na hora de mudar o plano de vôo. Não disse “sonhar”, disse “prever”.

Qual é seu plano de vôo?

Planos de vôo são feitos antes do avião decolar. Nele há horários, posição global, tempo, tudo pré-determinado. Se você entrar num determinado avião, saberá para onde irá, que instruções receberá, o que poderá levar, o que não poderá fazer, e até o que vai comer, tudo antes de partir. Ah, você saberá, também, quando chegará no destino.

Aviões e vidas são iguais, nisso. Por isso devemos dar importância à tempestades, tufões, nuvens negras. Elas existem para mudarmos algo na vida, não tenho fé que “mensagens divinas” determinam nossa vida, que a vida já está escrita e não podemos mudar nada, que devemos aceitar as condições e imposições dos “superiores”.

No entanto, acredito sim que “mensagens divinas” possam ser sinais para que haja uma reflexão acerca do caminho que estamos seguindo. É aquela máxima, “não diga que não avisei”.

Tem gente que prefere um vôo seguro. Eu não encontrei graça nisso e optei em voar pelo desconhecido. É a forma que encontrei para atingir um tipo, dentre milhões, de felicidade. Ter uma interrogação na testa, para mim, é desafiador. Dentro das dificuldades há sentimentos belíssimos que devem ser explorados porque o corpo é feito de diversos lados.

Como um albatroz

Como um albatroz, voando no alto, que, de repente, mergulha no mar: ele mergulhou para pescar, comer, sobreviver. Ele desce, se molha, se arrisca, pois sabe que precisa se alimentar para ter forças de voar mais alto e mais longe.

Pode não ter sucesso nas “pescarias”, mas ele sabe voar, aprendeu a mergulhar dentro de sentimentos e dificuldades. Se aparecer uma tempestade ou um lindo pôr-do-sol, não terá tanto medo em fazer uma mudança no plano de vôo. Restringir a vida aos planos pode, também, atrapalhar sonhos.

Tudo isso para dizer: “felicidade é um caminho, e não um destino”. E estou muito feliz em caminhar, quer dizer, em voar!

Anúncios

3 Responses to Mudanças no plano de vôo

  1. Fa disse:

    que os bons ventos continuem soprando! Desejo muita luz no seu caminho, querido amigo! Beijos da Fa

  2. Mari disse:

    Vc é incrível!!!
    Adoro seus textos…que bom receber notícias e saber que está td bem por aí!!
    Saudades
    bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: