Aplicando “Arte da Guerra” na cozinha

(Manual de sobrevivência do viajante – Alimentação)

Manolo e Antônia proporam 400 francos por mês a mais no aluguel e as geladeiras e a despensa estariam liberadas para eu comer o que quiser.

Não é uma simples despensa: eles devem esperar alguma guerra, invasão alienígena, 2012, sei lá o que mais pois é muita comida que eles guardam aqui.

Lógico que a fome deles é um pouco maior que a minha. Quer dizer, bem maior, mas não titubiei em agradecer tal oferta, mas vou recusar.  Primeiro porque não tenho essa grana para gastar com comida. E depois vem a questão da necessidade e estética: não preciso comer tanto e não quero virar um gordinho simpático.

Já estou quase careca, se ficar gordo, aí só a loteria me salvaria para arrumar mulher!

Antonia é um amor de pessoa, muito do bem, toda sorridente, mas falei para ela que vou tentar me manter sozinho para ver quanto gastarei por dia, então fui ao mercado com a ideia de não gastar mais de 20 francos e sobreviver 5 dias, até hoje.

Gastei 16. Meta cumprida: comprei 1,5 de leite, manteiga, 3 latas de atum, macarrão (aquele que fica lá embaixo na gôndola, dificil de pegar, sempre é o mais barato), uma caixa de nuggets de peixe, molho de tomate, maionese e pão. Tudo do preço mais barato, óbvio.

Luxo: uma latinha de champignon (da marca mais barata).

Ótimo, agora é viver assim: de manhã são 3 goles de leite, 2 fatias de pão com manteiga. Vou para faculdade com 3 sanduíches de patê de atum, e a noite faço um macarrão e nuggets no forno.

Ficou um clima um pouco chato na hora de trazer a comida pois na casa, ao que me parece, sou o primeiro a decidir pela própria comida. Mas nada que uma conversa, outros assuntos não resolvam, e Manolo e Antonia são pessoas bem legais, então aqui vem o manual de guerrilha do viajante.

Veja meu espaço na geladeira. É minúsculo, o freezer horizontal está lotado, outra geladeira abarrotada, só sobrou, mesmo, tal espaço. Nem na porta tenho.

Mas nada de reclamar, vamos aplicar “Arte da Guerra” e outros livros de estratégia para melhorar minha condição, mas sem criar atritos com meus flatmates.

A tática é simples, usada já em muitas guerras pelo mundo: se algum combatente seu morreu, não deixe o inimigo saber. Seu soldado morto é muito útil ainda pois, além de atrair a atenção do adversário, ele poderá servir de barricada, escudo!

A zona vermelha na foto é minha área inicial. O leite é meu soldado morto: já está quase no osso, mas não vou jogá-lo no lixo antes de aumentar meu território, então mostro a necessidade por mais espaço, e assim conquistei a área azul.

É simples, é silenciosa e intimida/sensibiliza o inimigo.

Tal tática pode ser usada em vários assuntos, até em escritórios: Se você for para uma reunião com o chefe, nunca vá só com caderninho e caneta. Leve mais alguma pasta. Se você for na copa beber um café, nunca vá de mãos abanando: leve uma pasta.

Se a reunião for externa, for de conciliação (estresse entre advogados!!), nunca vá em menor número: leve um estagiário, amigo que resgatou no boteco, etc, enfia na mão dele algumas pastas, fala para ele ir com cara de sério.

Sim, o seu estagiário e o bêbado do seu amigo, nesses casos, são as mesmas coisas que os soldados mortos e a caixa de leite vazia: não servem para nada além de fazer número!! hahah 🙂

Essas coisas aumentam seu espaço físico, faz o adversário perder tempo/atenção, então você pode concentrar suas forças só para atacar, já que o inimigo vai se defender no primeiro momento.

Au Revoir!

Anúncios

3 Responses to Aplicando “Arte da Guerra” na cozinha

  1. caju disse:

    em quase um ano de vida sem fronteiras (e vc entende mto melhor do q eu), aprendi a sobreviver com a tal HOMEBRAND, q qq hora postarei um comentario sobre, sao aquelas marcas do proprio supermercado, q .. em geral 90% mais baratas e 99% taste free.. hahahahaha, mas eh o jeito.. sem contar q agora estou morando com uma australiana idiota e uma alema imbecil, ricas e metidas.. q comem smoked salmon and brie todos os dias, e eu.. no macarrao com qq coisa q puder juntar… hahahaha saudades brother, abracos

  2. Marina Spirandelli disse:

    Tá faltando fruta nessa dieta hein kkk

  3. Carol disse:

    Marcito.. to aqui rindo muito com seu post! Voce eh muito figura.. hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: